Sócio tem que ter meta - 5 ações infalíveis!

A pior coisa que pode acontecer em uma empresa é um sócio que não coloca o negócio para frente.

A pior coisa que pode acontecer em uma empresa é um sócio que não coloca o negócio para frente.


A frase - uma maçã podre apodrece todas as outras do cesto é muito usada quando nos referimos a uma pessoa que não está de acordo com os pensamentos, regras, cultura, visão, interesses dos demais e com isso acaba influenciando negativamente com ações que não são, do ponto de vista dos demais, de acordo com os objetivos do negócio.


Essa frase também pode ser usada para sócios.


Na grande maioria quando uma pessoa passa a remar na direção contrária dos demais é porque a cultura organizacional já não faz mais sentido para esta pessoa.


Meta é meta e é para todos! Claro que as metas são diferentes de um colaborador para um sócio. As dos sócios devem ser sempre maiores. Se não aguenta para que veio?


Tenha metas diárias!


Um exercício fácil é criar uma rotina de trabalho.


- De manhã, diferente do que alguns dizem, olhe os seus e-mails. Todos? Não, só os que realmente são importantes. Você tem que aprender a fazer isso o mais rápido possível.


- De manhã não dedique mais do que 15 min nos e-mails.


Divída-os em:


- Primário: responda rápido, com poucas palavras - direto ao ponto


- Secundários: vai ficar para o final do dia.


- Terciários: faça uma limpeza semanal e bloqueie os lixos de sua vida.


Crie metas curtas
-  de preferência execute essas ações até as 11:00 no máximo.

Assim terá a tarde para tratar das questões "menos importantes" ou se acontecer algum problema já terá feito o que no dia era realmente fundamental.


Não confunda meta com tarefa 
- Meta é um resultado de ações que vão aproximar você de seus objetivos.

 
Se pergunte todos os dias:

 
- O que: Tenho o objetivo de faturar 1 milhão em 6 meses.

 
- Quando: Para isso tenho que atingir as seguintes metas... (controles/medições) - Eu vou fechar os 5 maiores contratos em negociação até o 6º mês? Estipule um prezo para o fechamento de cada ação, assim você saberá se precisa de um plano B ou não durante este período para atingir a sua meta.

 
- Como: Através das seguintes ações - Ai sim entram a tarefas: Ligar para fulano, reunir com ciclano, mandar proposta, validar A,B e C...


Mas como eu posso cobrar meu sócio? Como criar um processo de controle para os meus sócios?

Ações simples podem ajudar:


1- Crie uma data de avaliação (o que eu chamos de ponto de controle)

Uma forma simples e muito eficaz é criar um comitê de trabalho, envolvendo sócios e gestores.


2- Crie uma regularidade de encontros que seja regra para todos os envolvidos (ex. todas as segundas-feiras das 8:00 às 10:00). Isso cria o compromisso de entregar resultado e a disciplina.


3- Crie um controle (documento guia) de ações que possa ser verificado a cada reunião de comitê. Pode ser um doc, excel, googledocs, office 365.


a. Registre quem são as pessoas que estão presentes (como uma ata de trabalho) – Essa ação faz com que os envolvidos saibam que todos os demais sabem se este está presente e comprometido.


b. Divida o documento em ações que precisão ser entregues na data da reunião e ações futuras que devem ser entregues na próxima reunião para que todos saibam o que deve ser priorizado para a entrega daqui a uma semana.


c. Atribua responsáveis pela entrega, diretos e secundários (apoio) caso necessário.


4- Deixe claro o impacto da não entrega para todos.


a. Acorde de forma clara quais as ações e consequências sobre os colaboradores, sejam eles colaboradores ou sócios, da não entrega do não comprometimento. Não se preocupe, não é que você tenha que despedir quem não entregar ou acabar com a sociedade, mas se essa for o combinado. O combinado não é caro nem barato, o combinado é o combinado.


5- Crie uma sequencia de apresentações de cada responsável ou líder por área, o sócio fatalmente é responsável por uma ou mais áreas e ele terá que explanar como as coisas estão em sua área sobre as questões discutidas e isso fará com que ele se comprometa com os demais.


Essas simples ações já trarão ao participantes um entendimento de cumprimento de colaboração e os impactos que cada um pode causar sobre os outros.

Marcos Alpha - Uóólly